Blog - 700x163 thumb

Já parou para pensar que neste momento, pode ter algum recrutador olhando seu perfil no Facebook? É bem possível!
E a pergunta de sempre é: “isso influencia na minha contratação? ”
Sim, e muito, tanto em fatores positivos, quanto negativos.

Separamos alguns itens importantes que a maioria dos recrutadores querem ver, (ou não), em seu perfil.

1 – O seu perfil, causa uma boa ou má impressão?
As postagens podem mostrar muito a personalidade do candidato.
Postagens positivas, inteligentes, acadêmicas, são muito bem vistas pelos recrutadores. Calma, não precisa ter um perfil totalmente sério, postagens para descontrair não vão influenciar negativamente, desde que essas, não façam apologia ilícitas ou ofensivas.

2 – Trabalho Voluntário
Normalmente, quem faz um trabalho voluntário, tem prazer em mostrar isso na rede e, isso é muito bom! Acaba influenciando outras pessoas a fazer o mesmo. Além de ser um ponto positivo para muitas organizações.

3 – Comunicação
Outro ponto analisado também, é como o candidato se comunica.
Mesmo sendo uma rede social, sempre cuide com erros de português e procure ser claro na mensagem em que deseja passar. E, o mais importante, não tenha post’s de ódio ao chefe ou ao trabalho e, muito menos, da antiga empresa.

4 – Fotos
Sempre é uma questão que causa muita polêmica. Devo ou não postar foto na balada? Entre outras.
Vai depender muito do conteúdo da foto, não vejo problema em fotos do candidato socializando de forma saudável. Aqui, o que vai valer mesmo é o bom senso.
Se a foto passar a impressão que você bebeu além da conta na noite, vale mesmo postar? Pense nisso!

5 – Redes Sociais Profissionais
Hoje em dia existem redes sociais apenas para fins profissionais.
A mais conhecida é o Linkedin. Todo profissional deve ter um perfil nessa rede, pois é um canal que ajuda e muito os profissionais de RH (Sim, procuramos muitos profissionais por aqui). Então, mantenha-se atualizado, você pode ser “encontrado” e, além disso, tem a oportunidade de acompanhar líderes de todas as áreas e, consequentemente, obter mais conhecimento.
Nessa rede o cuidado deve ser redobrado. Muitas pessoas, postam conteúdos pessoais ou temas que nada tem a ver com o profissional, o que obviamente, não será bem visto pelos recrutadores.
Cuidado: É um perfil profissional, então, sua interação deve se manter a isso.

Depois dessas informações, podemos concluir que as redes sociais podem sim ser grandes aliadas para entrar no mercado de trabalho.
Use-as a seu favor e boa sorte!

Texto escrito por Joice Scarlat Felizardo.

Blog - 700x163 thumb

Como já falamos aqui, somente leis federais podem decretar quais são os feriados que todos os estados e municípios do Brasil devem seguir.
Lembrando, os feriados nacionais são: 1º de janeiro (Confraternização Universal – Ano Novo); 21 de abril (Tiradentes); 1º de maio (Dia do Trabalho); 7 de setembro (Independência do Brasil); 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida); 2 de novembro (Finados); 15 de novembro (Proclamação da República) e 25 de dezembro (Natal). Eles foram definidos pela Lei nº 10.607/2002.

Os Estados e Municípios também podem criar dias de folgas oficiais, mas com o limite de quatro dias por ano. Então, para saber se o Carnaval é de fato feriado no município, devemos nos informar na Prefeitura.

Em Curitiba, por exemplo, os Feriados previstos na LEI 3.015/67, são:
Sexta-feira da Paixão – Data Móvel
Corpus Christi – Data Móvel
Nossa Sra. da Luz dos Pinhais (Padroeira) – 8 de setembro.
Os feriados chamados de pontos Facultativos em Curitiba, são:
Carnaval, Aniversário da Cidade e dia do Funcionário Público.

Portanto, no Carnaval, as empresas podem sim pedir compensação ou banco de horas, caso as atividades sejam paralisadas nestes dias.

Texto escrito por Joice Scarlat Felizardo.

FbPost - 700x163

A alimentação saudável é essencial para o bem-estar e melhor qualidade de vida e, quando aliada a prática regular de exercícios físicos, traz inúmeros benefícios a sua saúde, inclusive no tratamento e prevenção de doenças.
Pensando nisso, elaboramos algumas dicas de como manter sua alimentação saudável. Confira:

1| Alimente-se de 3 em 3 horas – Comer regularmente e em porções pequenas aumenta o seu metabolismo, evita comer exageradamente e o nosso organismo consegue aproveitar melhor todos os nutrientes.

2| Opte por alimentos naturais – Quanto menos sódio e conservantes, melhor. Prefira temperos caseiros, sucos naturais etc., sempre que possível.

3| Coma com calma – Comer devagar, sem pressa, longe de computadores e televisão faz com que você sacie sua fome com menos quantidade de comida.

4| Prato e cor – Quanto mais colorido seu prato, mais rico ele é. Um prato que tem diversidade de fibras, vitaminas, proteínas é o mais saudável.

5| Consuma frutas – As frutas são ricas em vitaminas, fibras e minerais, além de possuir baixas calorias.

6| Diminua o açúcar – Alimentos com grandes quantidade de açúcar aumentam o índice de glicemia do corpo. Prefira adoçantes naturais como a sucralose, que não contém calorias e tem um baixo índice glicêmico.

www.salkmedical.com.br

FbPost_700x1633

Dezembro começa e junto com ele as temporadas de confraternizações das empresas, os tradicionais eventos para celebrar os resultados, relembrar momentos importantes do ano e, também, aproximar colegas de trabalho, proporcionando um momento de descontração.

Mesmo sendo uma festa, as pessoas não podem esquecer que é um evento corporativo e que são profissionais, ou seja, devem se comportar como tal.
Mais uma vez, vamos dar uma ajudinha para fazer bonito e se divertir na Festa da Firma!

1 – Com que roupa eu vou? 

Roupa discreta! Nada de vestidos e saias curtas ou apertadas, decotes, transparências. Lembre-se: A festa da empresa não é uma balada!

2 – Beber ou não beber? 
Esse item é bem importante! Se a empresa disponibilizou bebidas alcoólicas e você está acostumado a beber, beba com moderação. Tome cuidado para não passar do limite, pois é aí que as piadinhas e comentários não muito agradáveis podem acontecer. Mas, se você não é muito chegado a bebida alcoólica ou nunca experimentou, não caia na besteira de fazer isso em uma festa de confraternização da empresa. Os efeitos do álcool para você ainda são desconhecidos!

3 – Colegas virtuais:
Coleguismo virtual é quase certo nas empresas, todo mundo já passou por isso.

Aquele colega que você só falou através do e-mail, Skype, no máximo por telefone. A confraternização é um ótimo momento para conhecer esses colegas. Transite pela festa, procure novos grupos e se apresente. É um momento perfeito para network.

4 – Amigo secreto:
É o momento em que você pode falar o que quiser do seu amigo secreto, certo?! No amigo secreto da empresa NÃO! Pode até fazer alguma brincadeira, caso tenha um bom nível de amizade e intimidade, mas evite expor situações constrangedoras.

5 – Quem não é visto, não é lembrado!
Esse é um ditado que cabe muito bem no meio corporativo. Não adianta ser visto apenas nos resultados, participar das confraternizações mostra que você tem flexibilidade e versatilidade em qualquer ambiente. Quem não participa, pode estar perdendo um momento de compartilhar ideias.

Texto escrito por Joice Scarlat Felizardo.

FbPost_700x163

 

1 – Quem tem direito ao 13º salário?
O 13º salário, também conhecido como gratificação natalina, é um direito de todos os trabalhadores com carteira assinada: empregados com prazo determinado, indeterminado, domésticos e avulsos.

2 – Lei que determina o pagamento do 13º salário:
Está previsto no art. 7º, inciso VIII da Constituição Federal, instituído pela Lei n. 4.090 de 13 de julho de 1962 e regulamentado pela Lei n. 4.749/65 e pelo Decreto n. 57.155/65.
Prazo: Na lei que instituiu o décimo terceiro não existe proibição do pagamento em uma única parcela, desde que a mesma seja realizada até 30 de novembro.
Na maioria das vezes é pago em 2 (duas) parcelas, a primeira entre os meses de fevereiro a 30 de novembro e a segunda parcela até o dia 20 de dezembro de cada ano.
*Importante: o pagamento único do décimo terceiro no mês de dezembro é ilegal, já que a lei determina que a primeira parcela deve ser quitada até o final do mês de novembro.

3 – Adiantamento do 13º nas férias:
O empregado tem o direito de receber a primeira parcela junto com o pagamento das férias.
Para que isso ocorra, o empregado deve solicitar por escrito ao empregador o recebimento do adiantamento até 31 de janeiro de cada ano.

4 – Qual o valor?
O valor é de um salário, sendo que a primeira parcela equivale a 50% do salário do mês anterior e sobre esta parcela não incide nenhum desconto.
Os descontos legais como INSS e imposto de renda retido na folha, deverão ser feitos somente na segunda parcela.
*Importante: descontos como adiantamento de salário, faltas, empréstimo e outros, não podem ser descontados no valor do 13º salário.

5 – Como definir o período a ser pago?
Se o empregado trabalhou 12 meses ou mais na empresa receberá o 13º salário integral, ou seja, um salário adicional. Entretanto, se não tiver, receberá proporcional aos meses trabalhados sendo que fração igual ou superior a 15 (quinze) dias de trabalho é considerado como mês integral para recebimento do 13º salário.

6 – Recebimentos extras integram 13º salário?
Sim. É importante esclarecer que, caso o empregado receba valores extras como adicional noturno ou horas extras, a média irá integrar o cálculo do décimo terceiro.

Texto escrito por Joice Scarlat Felizardo.

FbPost_700x163-

 

Sempre encontramos dicas de como se preparar para o momento da entrevista de emprego, certo? Mas para quem quer realmente impressionar os recrutadores, essa preparação começa dias antes.
Veja algumas dicas que preparamos para vocês:

 

1 – Preparando a memória.
Dias antes da entrevista, reserve um tempo para analisar as situações mais importantes da sua vida profissional. Avalie o papel que você desempenhou em cada uma, quais foram os principais desafios. Se em algum momento teve erros, vale mencionar, desde que você consiga mostrar o que aprendeu com isso, saber reconhecer falhas é muito importante. Caso você não tenha experiência profissional, analise as situações da faculdade, trabalhos em grupo, no qual liderou, ou algum projeto em que foi bem-sucedido.

 

2 – Pesquise sobre a Empresa. 
Na maioria das vezes, aparece nas entrevistas “Por que você quer trabalhar aqui?”. Pode parecer uma perguntinha à toa, mas por trás dela existe a vontade de a empresa encontrar profissionais com valores alinhados aos seus. E, não existe uma resposta exata, o ideal é você pesquisar sobre a empresa, desde o setor em que atua, as características de gestão, dados financeiros e concorrentes … E pergunte-se: Quero mesmo trabalhar aqui?

 

3 – E as redes sociais?
É quase certo que o recrutador já deu uma espiadinha no que você anda fazendo nas redes. Neste caso, a recomendação de sempre é: Pense bem antes de postar qualquer coisa. Na hora da entrevista, não adianta dizer que não bebe e que seu hobby é cinema, se já postou várias fotos na balada e com um belo copo de cerveja na mão. Seja verdadeiro, não há mal algum em se divertir do seu modo.

 

4 – Cuidados Pessoais.
Na hora de escolher o que vestir, procure algo que combine com sua área de atuação. O ideal é usar uma roupa bem cuidada, mas com que você se sinta confortável. Na dúvida, prefira cores neutras e formas simples. E nem precisamos dizer que é básico cuidar da higiene pessoal.

 

5 – Precauções.
Sempre confirme a hora e o local da entrevista. Se possível, vá ao local antes do dia marcado para se familiarizar com o trajeto (Transito, horário de ônibus).

 

6 – Tenha uma boa noite de sono. 
Dormindo bem, você estará mais preparado fisicamente, psicologicamente e emocionalmente para enfrentar o desafio.

http://www.managergrupo.com.br/7-dicas-para-ter-um-curriculo-mais-atrativo/

Texto escrito por Joice Scarlat Felizardo.

FbPost_700x1632

Muitas pessoas têm dúvidas sobre se é ou não obrigado a trabalhar em feriados. No Brasil, o trabalho em dias de feriados civis e religiosos é vedado pela Legislação. No entanto, a lei especifica que em empresas que não podem interromper as atividades por prestarem serviços essenciais à população, o trabalho deve ser remunerado em dobro, salvo se o empregador determinar outro dia de folga como compensação.
Conforme a Lei n.10.607/02, são feriados nacionais os dias 1º de janeiro (Dia Mundial da Paz), 21 de abril (Tiradentes), 1º de maio (Dia do Trabalho), 7 de setembro (Independência do Brasil), 2 de novembro (Finados), 15 de novembro (Proclamação da República) e 25 de dezembro (Natal).

Texto escrito por Joice Scarlat Felizardo.

FbPost_700x1631

 

Com tanta concorrência para entrar no mercado de trabalho, pequenos detalhes acabam fazendo a diferença na hora de uma entrevista de emprego. Pensando nisso, a Manager vai dar algumas dicas de como aumentar suas chances de conseguir a vaga.

 

1 – Aparência importa sim, mas sem inventar moda.
Ao elaborar o currículo, procure seguir um modelo que privilegie suas informações mais relevantes. Inove, mas seja cuidadoso. Não abuse do colorido, nem de letras muito desenhadas ou despojadas, pois podem passar uma imagem infantil. O ideal é utilizar as fontes mais comuns e o tamanho entre 10 e 12.

 

2 – Dados Pessoais
Nome completo, idade e estado civil devem aparecer logo no início do documento. É fundamental incluir também telefone e e-mail para que a empresa possa contatá-lo facilmente. Não é mais necessário incluir documentos pessoais, como RG e CPF.

 

3 – Seu objetivo, deve ser objetivo.
Seu objetivo profissional deve ser descrito de preferência uma linha, indicando somente o cargo ou a área de interesse. Evite incluir mais de uma área em um mesmo currículo.

 

4 – Formação acadêmica
Coloque o nome da instituição de ensino, curso e datas de início e término dos cursos que frequentou, sempre por ordem de importância (pós-graduação, graduação etc.).

 

5 – Experiência profissional
Nessa etapa surgem muitas dúvidas sobre as experiências e como elas devem ser colocadas. Mencione nome da empresa e o cargo, as atribuições desenvolvidas durante cada experiência devem ser claras e objetivas. É através deste item que você irá chamar a atenção dos recrutadores. Se você teve alguma experiência como autônomo, vale incluir, desde que informe que esse trabalho não teve vínculo empregatício e, se tiver alguma referência, é melhor.

 

6 – Cursos
Cite os cursos que irão agregar ao seu perfil e a área do seu interesse. Coloque o tema, o nome da instituição, carga horária e ano que foram realizados.

 

7 – Não minta, nunca!
Muitas pessoas não sabem, mas seu currículo é um documento! A veracidade das informações serão checadas e, se não forem verdadeiras, poderão prejudicar muito seu processo de seleção.

 

Lembre-se:
O currículo deve ter no máximo duas páginas.
Foto somente se for exigência para a vaga desejada. Neste caso, ela deve ser 3×4, com boa qualidade e postura profissional.

Texto escrito por Joice Scarlat Felizardo.